SEMPRE PROCURE

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

FELICIDADE DUPLA



“A felicidade dupla está incógnita muitas vezes. O sentimento a dois só pode se resumir quando os principais adjetivos são colocados a mesa. Não cabe os sujeitos da relação colocar seus verbos em primeiro lugar. Logo ficar com o amor é sonhar acordado é se afogar no termo amor. Ficar junto é se aprofundar amorosamente, onde o temor a dor e a fuga são apenas singelas folhas secas a serem descartadas. Porque estar ao lado de quem se ama e mais que um apogeu e o contexto, significado e forma mais pura da realidade. Verbalizar junto a quem se ama e saber ditar todos os adjetivos de forma a conflitar com a concordância de minha alma.” 
Albert Santana